A Comissão Nacional de Eleições (CNE) apela aos munícipes das 53 cidades e vilas do país para que se dirijam, hoje, o mais cedo possível, às assembleias de voto que coincidem com os locais onde se recensearam para, de forma disciplinada, exercerem o direito de voto."/>
Últimas

CNE apela ao civismo e disciplina no sufrágio

20 de Novembro de 2013, 06:54

A Comissão Nacional de Eleições (CNE) apela aos munícipes das 53 cidades e vilas do país para que se dirijam, hoje, o mais cedo possível, às assembleias de voto que coincidem com os locais onde se recensearam para, de forma disciplinada, exercerem o direito de voto.


A exortação da CNE, formulada ontem pelo seu presidente, Abdul Carimo, visou ainda sensibilizar os eleitores para que abandonem as assembleias de voto assim que exercerem a sua escolha. Na verdade, não é permitida a concentração de pessoas não eleitores e não autorizadas dentro do perímetro das assembleias de voto.


Aos membros das mesas das assembleias de voto, o presidente da CNE pediu que exerçam o seu trabalho de forma exemplar, cumprindo a legislação eleitoral, as normas de operações na mesa de votação e o código de conduta. “Saibam que a votação é o ponto máximo de todo um processo eleitoral e a vós foi confiada esta árdua tarefa. Espera-se também de vós todo o zelo e imparcialidade”, declarou.

Banca de jornais

Acompanhe as eleições