Uma portuguesa e um angolano, observadores eleitorais às municipais de 20 de novembro em Moçambique, escaparam hoje ilesos de confrontos na Beira, centro, envolvendo os partidos rivais Frelimo e MDM."/>
Últimas
Produtor da notícia

Observadores eleitorais escaparam a confrontos na Beira

16 de Novembro de 2013, 18:14

Uma portuguesa e um angolano, observadores eleitorais às municipais de 20 de novembro em Moçambique, escaparam hoje ilesos de confrontos na Beira, centro, envolvendo os partidos rivais Frelimo e MDM.


Aos confrontos, seguiu-se a intervenção da polícia que lançou gás lacrimogéneo para um recinto apinhado de apoiantes da oposição.


Em declarações à Lusa, por telefone, Elisabete Azevedo-Hartman, observadora do Electoral Institute of Southern Africa (EISA) às eleições municipais moçambicanas de 20 de novembro, disse estar bem e apenas confirmou que esteve presente no recinto onde se realizaria o comício final do candidato do MDM, Daviz Simango, ao município da Beira.


Lusa

Banca de jornais

Acompanhe as eleições